A Clínica Caproni

A Clinica SPA Caproni é uma clínica odontológica que reúne, em um só local, diversas especialidades odontológicas e ainda conta com computador para acesso as redes sociais, circuito interno de tv, cafeteria, sala de espera confortável com acesso à internet, além de outras comodidades.
A Clinica SPA Caproni oferece os melhores tratamentos odontológicos executados da forma mais rápida possível, mas sem comprometer a qualidade do resultado que cada paciente espera.

O horário de agendamento das consultas também é bastante flexível para que não atrapalhe o andamento das etapas do tratamento. Para que todos tenham a oportunidade de ter de volta um sorriso bonito, temos os melhores serviços combinados para seus diversos tratamentos odontológicos. Cada caso é estudado e, juntamente com o paciente é feito um plano acessível para que o tratamento seja concluído. Afinal, o mais importante é devolver a felicidade de um sorriso bonito.

Faça um tour virtual

Sobre o Dr. Cairo

Nossos Serviços

Bichectomia

Bichectomia é o nome dado à cirurgia de remoção da bola ou gordura de Bichat localizada na bochecha.

O procedimento é indicado para tratamentos estéticos, procurando afinar o rosto, dando um perfil mais harmônico e atraente para quem tem as bochechas grandes ou volumosas e também para tratamentos funcionais, para aqueles que mordem a parte interna da bochecha, por ter um corredor bucal muito estreito.

A cirurgia é intraoral, ou seja, o corte é feito dentro da boca, pois as mucosas bucais tem uma melhor cicatrização e não deixam marca aparente. Nesses casos o paciente recebe anestesia geral ou anestesia local e sedação. Depois, o médico procura as marcas anatômicas no interior de sua boca que indicam a localização das bolas de Bichat. Uma incisão é feita e as bolsas de gordura são removidas totalmente ou apenas em parte.

Cirurgias

O pequeno período de internação é possibilitado por uma anestesia bem planejada e regionalizada, além da eficiência e objetividade do equipamento empregado na cirurgia.

Alveoloplastia - Consiste em corrigir cirurgicamente os alvéolos dentários após a realização de extrações múltiplas;

Apicectomia unirradicular - Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular em uma raiz;

Apicectomia birradicular - Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular em duas raiz;

Apicectomia trirradicular - Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular em três raizes;

Apicectomia unirradicular com obturação retrógrada - Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular e ainda da obturação do forame apical em uma raiz;

Apicectomia birradicular com obturação retrógrada - Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular e ainda da obturação do forame apical em duas raizes;

Apicectomia trirradicular com obturação retrógrada - Consiste em remover cirurgicamente a zona patológica periapical, conservando o dente ou dentes que lhe deram origem, seguida da ressecção do ápice radicular e ainda da obturação do forame apical em três raizes;

Biopsia - Consiste em remover cirurgicamente um fragmento de tecido, mole e/ou duro, para fins de exame anatomopatológico;

Cirurgia de torus mandibular bilateral - Consiste em remover cirurgicamente algumas formas de exostoses ósseas, na região da mandíbula;

Cirurgia de torus palatino - Consiste em remover cirurgicamente algumas forma de exostoses ósseas, na região do palato;

Cirurgia de torus unilateral - Consiste em remover cirurgicamente algumas forma de exostoses ósseas unilaterais;

Correção de bridas musculares - Consiste em realizar uma incisão cirúrgica na região sulcogengival;

Excisão de mucocele - Consiste em remover cirurgicamente lesão tumoral dos tecidos moles que se desenvolvem nas glândulas salivares da mucosa bucal, principalmente nos lábios;

Excisão de rânula - Consiste em remover cirurgicamente um tipo de cisto de retenção que ocorre especificamente no assoalho da boca, em relação aos condutos excretores das glândulas salivares, principalmente sublinguais;

Exodontias a retalho - Consiste em realizar extração dentária de dentes normalmente implantados que exijam a abertura cirúrgica da gengiva;

Exodontias de raiz residual - Consiste em realizar extração dentária da porção radicular de dentes que já não possuem a coroa clínica;

Exodontias simples - Consiste em realizar extração dentária da porção radicular de dentes normalmente implantados;

Exodontias múltiplas - Consiste em remover cirurgicamente mais de um elemento dentário na mesma arcada, durante o mesmo tempo anestésico;

Redução cruenta - Consiste em reduzir o alvéolo por meio de técnica cirúrgica com exposição dos fragmentos ósseos fraturados, com conteção por meio rigido (cirurgia aberta);

Redução incruenta - Consiste em reduzir o alvéolo por meio de manobra bidigital, sem exposição dos fragmentos ósseos fraturados (cirurgia fechada);

Frenectomia labial - Consiste em realizar ressecção cirúrgica da hipertrofia do tecido fibro-mucoso presente na base da língua, denominada hipertrofia de freio;

Frenectomia lingual - Consiste em realizar ressecção cirúrgica da hipertrofia do tecido fibro-mucoso presente na base da língua, denominado hipertrofia de freio;

Remoção de dentes retidos - Consiste em remover os dentes cuja parte coronária está coberta por mucosa ou quando a totalidade do doente encontra-se no interior da porção óssea;

Sulcoplastia - Consiste em realizar uma incisão cirúrgica na região do sulco gengival com a finalidade de aumentar a área chapeável para próteses;

Ulectomia - Consiste em remover cirurgicamente a porção superior de um processo hipertrófico muco-gengival que normalmente envolve dentes não erupcionados;

Ulotomia - Consiste em realizar incisão do capuz mucoso para que o dente possa erupcionar.

Luz-Laser

As missões fotônicas como os laseres para clareamento dental, são radiações não ionizantes e concentradas, que ao serem absorvidas pelos tecidos com o qual interagem, resultam em efeitos fotoquímicos e fotodérmicos, tendo como alvo moléculas escurecidas. Esses mecanismos geram um aumento mínimo de temperatura sem dano ao tecido pulpar (nervo), pois aquecem o produto e não a estrutura dental. Desde que corretamente realizado, o clareamento não provoca a desmineralização (enfraquecimento) do dente.

Pode-se clarear todos os dentes, quando apresentarem escurecimento ou “amarelamento”, ou apenas um dente, quando foi realizado tratamento de canal, e o mesmo escureceu.

Estética

Restauração de material escuro, coroas de metal dourado e Prateado, dentes opacos e sem brilho natural, são coisas do passado! A odontologia estética surgiu da necessidade de fazer-se trabalhos que pareçam o mais natural o possível. Hoje em dia vivemos muito mais tempo, então além das correções super estéticas existe a necessidade de mantermos um sorriso mais claro. 

Implantes

Implante de Prótese Inferior

Implante de Prótese Inferior :

• Implante total no inferior • Prótese fixa em metalo-cerâmica

Implante e prótese fixa superior

Implante e prótese fixa superior :

• Exodontias e implantes imediatos nas arcadas superior e inferior • Coroas metalo-cerâmicas

Implantes Unitários e Coroas

Implantes Unitários e Coroas :

• Implantes unitários bilaterais
• Coroas unitárias metalo-cerâmicas

Implantes Ósseos e Prótese fixa

Implantes ósseos e prótese fixa : • Implantes ósseos integrados à mandíbula • Prótese fixa de coroas de metalo-cerâmicas

Implantes e Coroa

Implantes e coroa :

• Implante • Coroa metalo-cerâmica

Ortodontia

A Ortodontia é a especialidade da Odontologia que estuda o crescimento e o desenvolvimento da face, bem como o desenvolvimento das dentições decíduas (de leite), mista e permanente e seus desvios de normalidade, prevenindo, interceptando e corrigindo as maloclusões dentárias e os problemas da articulação têmporo-madibular (ATM).

Os problemas de maloclusão podem ser hereditários (dentes apinhados ou separados, falta ou excesso de dentes, etc...) ou adquiridos (sucção de dedo, posicionamento incorreto da língua, respiração deficiente, perda precoce de dentes, etc...). Algumas maloclusões devem ser tratadas o mais cedo possível, afim de impedir que os danos causados sejam maiores.

A Ortodontia melhora a oclusão promovendo uma melhor distribuição das forças exercidas sobre os dentes, protegendo-os dos traumas que podem causar em seu periodonto (gengiva, osso e ligamentos).
Com o auxílio da Ortopedia Facial, pode se tratar casos que apresentem problemas de mal relacionamento das bases ósseas (retrusão e/ou protrusão mandibular ou maxilar) através do estímulo, inibição ou redirecionamento do crescimento da maxila e/ou mandíbula. Por depender do crescimento, a Ortopedia Facial deve ser realizada durante o período de crescimento (6 aos 12 anos, em média).

O tratamento ortodôntico pode ser feito em duas fases: a primeira ocorre antes da completa erupção dos dentes permanentes, através do uso de aparelhos ortodônticos removíveis (atuando à nível dentário) ou ortopédicos (estabelecem um correto relacionamento entre maxila e mandíbula). Na segunda fase, o paciente normalmente utiliza um aparelho fixo, que proporciona um melhor alinhamento e nivelamento dos dentes, restabelecendo uma oclusão equilibrada.

Os aparelhos fixos são unidos aos dentes através de uma substância adesiva ou cimento; são compostos por bráquetes (metálicos, plásticos ou cerâmicos), tubos e anéis, que suportam os arcos metálicos que são responsáveis pela movimentação dentária. Os bráquetes plásticos e cerâmicos são bastante estéticos pois sua cor confunde-se com a coloração dos dentes. Já os aparelhos removíveis são encaixados na boca, podendo ser retirados pelo paciente ou Ortodontista e, por isso, sua eficácia depende da colaboração do paciente.

Qualquer que seja o tipo de tratamento escolhido, o paciente precisa estar motivado para iniciá-lo; entender o problema e quais são os objetivos do tratamento, ajuda muito na colaboração.
O tratamento ortodôntico pode ser feito em pacientes de todas as idades, desde que sejam respeitados os limites biológicos de cada paciente.
Dentre os muitos benefícios de um tratamento Ortodôntico/Ortopédico facial podemos esperar, além da oclusão funcional, um aumento da auto-estima do paciente com a melhora da estética dentofacial.Em média o tempo de duração do tratamento pode variar de um ano e meio a dois anos. Logicamente este tempo pode variar de acordo com o tipo de caso e a colaboração do paciente (boa higienização, cuidados ao se alimentar, etc.)

Após a utilização do aparelho fixo, é indicado o uso do aparelho móvel para estabilizar os dentes na posição final e assim não correr riscos de haver uma alteração do resultado atingido.

Aparelho móvel: Ele é confeccionado em resina acrílica e fios Ortodônticos em aço inóx. O que pode variar é a cor do aparelho ou até mesmo a utilização de alguns adesivos que são colocados ao gosto do paciente. Como sua utilização é basicamente por crianças, esta caracterização é um estímulo ao tratamento.  

Toxina Botulínica

Toxina botulínica (Botox) pode ser usada em outros tratamentos além das rugas

             Quando as pessoas ouvem falar de toxina botulínica (botox), logo pensam no tratamento para rugas. Mas, além de ajudar a suavizar marcas e linhas de expressão, a aplicação da toxina pode ajudar também a tratar outros problemas, como distonia, estrabismo, blefaroespasmo (espasmo da pálpebra), espasmo hemificial (contrações involuntárias dos músculos da face), rigidez muscular, hiperidrose, bexiga hiperativa, dor de cabeça crônica e também o uso por dentistas para fins terapêuticos.

            A toxina ainda pode ajudar até mesmo quem tem problemas na ATM e Bruxismo, a toxina é aplicada nos músculos para evitar o ranger dos dentes - se o paciente tiver dor de cabeça por causa do bruxismo, esse tratamento acaba melhorando também essa dor.

             A toxina não fica para sempre no organismo – com o tempo, o corpo vai degradando a substância até que ela suma. No entanto, esse período depende do quanto é aplicado e também do metabolismo de cada um.

           Vale lembrar, no entanto, que a toxina botulínica para o tratamento da dor de cabeça depende muito da causa. Por exemplo, se a origem da dor for tumoral, não adianta nada e, por isso, a dica é se consultar primeiro com um neurologista para saber o melhor jeito de tratar.

Preenchimento Orofacial

O preenchimento facial é um procedimento para embelezamento e reestruturação da pele envelhecida. O ácido hialurônico é uma das substâncias usadas para esta finalidade. Ele preenche rugas e sulcos, além de melhorar o contorno facial. Pode também ser utilizado para aumentar o volume dos lábios. O procedimento é efetuado em consultórios e clínicas, com anestesia local ou simplesmente tópica, com agulhas ou cânulas. Como existem diversas formas de aplicações – desde a derme superficial, derme profunda e até o tecido subcutâneo -, existem inúmeros calibres e diversas dimensões de agulhas e cânulas para estas formas de aplicação. Para preenchimento dos lábios é feito um bloqueio anestésico, ou seja, a injeção é aplicada bloqueando o nervo dessa região, como a anestesia feita em procedimentos odontológicos.

Fio de Sustentação

No processo de envelhecimento facial, ocorre a perda do colágeno e flacidez dos tecidos de sustentação da face, com consequente queda da maca do rosto, formação do bigode chinês, deslocamento da gordura para baixo dando aspecto de buldog e perda do contorno da mandíbula.

Quando esse processo está no inicio por volta dos 40 a 50 anos, onde a flacidez é leve, é possível melhorar essa queda, através dos fios de sustentação facial.

Os fios de sustentação da face podem ser absorvíveis como os fios de ácido polilático (fio silhouette, fio block), os de PDO (polidioxanona como miracu, fio mint) ou inabsorvíveis que são os de polipropileno com garrinhas (fio russo). Qualquer um desses fios é biologicamente compatível, não dão rejeição e não migram.

Galeria de Vídeos